Prefeitura Municipal de Açucena

Você sabia?
Painel do site
Imprimir Email

Notícia

Açucena em alerta: registrado aumento nos casos de Dengue

por Assessoria de Comunicação

22/03/2018 09:27

Açucena em alerta:  registrado aumento rápido do numero de casos das doenças transmitidas pelo Aedes.

 

Nas ultimas três semanas foram registrados um aumento significativo dos casos suspeitos de dengue e chikungunya  no município. Já são 32 casos notificados para as duas doenças. A maioria dos casos foram registrados no distrito de Naque Nanuque (19 casos notificados). Presume-se que este numero seja ainda maior visto que algumas pessoas não procuram o serviço de saúde. Os sintomas mais frequentes têm sido dor de cabeça, dores no corpo, febre, vômito, prostração, dores articulares e dor nos olhos.

A razão deste surto conforme observado pelo setor de vigilância em saúde esta ocorrendo no distrito de Naque Nanuque em virtude do numero elevado de casas e lotes fechados sem um responsável pela manutenção e limpeza, visto que todos os casos estão concentrados em uma mesma área. Em Açucena o motivo tem sido o deslocamento constante para outros municípios que já se encontram em alta transmissão como Ipatinga e Coronel Fabriciano.

A Secretaria de Saúde através do setor de Vigilância em saúde já tem tomado providências para conter a transmissão. Foi iniciado o bloqueio focal que consiste na aplicação de inseticida com bomba costal nos quintais e lotes vagos pelo agentes e também a aplicação de UBV pesado, fornecido pelo Estado, mais conhecido como “fumacê”.  A aplicação do fumacê ocorrerá no período de 21 a 27 de março no distrito de Naque Nanuque e Açucena. Os moradores precisam manter as residências abertas e proteger gaiolas com pássaros.  Essas são ações de emergência, mas a população precisa continuar atenta, pois o inseticida mata os insetos adultos, mas se tivermos proliferação de larvas o ciclo de transmissão não será interrompido. Ainda é importante o uso de repelente quando do deslocamento para outros municípios. A coordenadora de Vigilância em saúde, Marlene Rodrigues de Souza, ressalta sobre a necessidade do envolvimento das entidades parceiras como as escolas, igrejas, associações, etc.  

Diagnosticar a dengue com rapidez é uma das chaves para combater a doença com maior eficácia. O tempo médio do ciclo é de 5 a 6 dias, e o intervalo entre a picada e a manifestação da doença chama-se período de incubação. É só depois desse período que os sintomas aparecem. Geralmente os sintomas se manifestam a partir do 3° dia depois da picada do mosquito.

Dengue Clássica

Febre alta com início súbito.
Forte dor de cabeça.
Dor atrás dos olhos, que piora com o movimento dos mesmos.
Perda do paladar e apetite.
Manchas e erupções na pele semelhantes ao sarampo, principalmente no tórax e membros superiores.
Náuseas e vômitos·
Tonturas.
Extremo cansaço.
Moleza e dor no corpo.
Muitas dores nos ossos e articulações.

Os principais "sinais de alerta" da doença são dor intensa na barriga, sinais de desmaio, náusea que impede a pessoa de se hidratar pela boca, falta de ar, tosse seca, fezes pretas e sangramento. Normalmente nesse período a febre diminui. Em todos os casos é necessário que a pessoa procure imediatamente o medico tanto para um diagnóstico clínico – que avalia os sintomas – como o exame laboratorial, pelo qual se avalia  a contagem de hematócritos e plaquetas no sangue. O exame de sangue, por si só, não determina se o paciente está com dengue ou não. É preciso que seja realizado o exame de sorologia agendado na policlínica Siman José em Açucena ate o 7° dia de inicio dos sintomas para detecção do vírus.

O alerta continua: Melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença. Para isso, é importante não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, entre outros.

 



Galerias de Imagens

Matérias relacionadas

    Final do corpo do documento e conteúdo da página